Vou votar na Chapa (Poll Closed)

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 Comments

  • Valéria - 8 years ago

    Colegas, sou proveniente da área de exatas. Acompanho qualquer raciocínio indutivo, baseado na lógica, em que uma conclusão seja resultado de demonstração. Então o fato de termos algumas funções preservadas pela 1059/08, aliada ao fato de que a SEFAZ é um universo complexo, leva à constatação de que devemos sempre defender o caminho da negociação? Não faz o menor sentido o raciocínio. A negociação aqui foi incluída à força, sob o disfarce de uma dedução lógica. É necessário destacar o trecho da própria carta: conflitos provocados pelas ações da SEFAZ. Ora, se os conflitos foram provocados pela SEFAZ, fomos nós os culpados pelo clima ruim? Se o Secretário da Fazenda não recebe o Sindicato, se as autoridades Fazendárias não recebem o Sindicato, se a tabela de produtividade dos AFRs é apertada continuamente, se as novas regras de promoção discriminam os FDTs, se as promoções estão travadas há anos, se não há diálogo sobre os pleitos da classe, foi mesmo o Sindicato que abandonou o caminho da negociação? Aqui, a defesa dos alemães é bastante clara. Expõem os colegas da Administração Tributária. Alguém viu alguma defesa da FDT? Alguém viu alguma defesa dos AFRs em geral? Não, mas está lá a defesa dos colegas da Administração Tributária. Não se trata nem de ato falho. É reconhecimento mesmo do lado que a chapa 1 vai escolher no futuro.

    Com essa atitude foi criado um clima de guerra, queimando navios e queimando pontes. Se criarmos o ambiente para negociação, haverá negociação; se criarmos o ambiente para conflito, haverá conflito.
    Aqui o clima de guerra é atribuído integralmente ao Sindicato. É feita mais uma afirmação peremptória que não condiz com a realidade: a de que somos nós que escolhemos o tipo de negociação que queremos. É verdade que gestões anteriores do Sindicato sempre só conversavam. Mesmo quando o diálogo não era bilateral. Nesta gestão, por meio de AGE, aprovamos a publicação de artigos críticos como forma de pressionar o Governo. O Sindicato cumpriu aquilo que foi decidido em AGE (no passado, era regra a Diretoria do Sindicato não cumprir decisão da AGE quando fosse contrária aos interesses da Administração).

    Precisamos restaurar o clima de negociação e isso não será feito por quem fomentou o confronto.
    Quem fomentou o confronto foi a Administração Tributária, ao não receber maisa classe, ao tripudiar do Sindicato concedendo o fim da Função Básica quando boa parte da Diretoria e do Conselho estavam em congresso fora de São Paulo, ao designar o sub do sub para negociar com o Sindicato. Será que a chapa 1 está advogando que não dá para negociar com este Governo?

    Entretanto, se a negociação foi ineficaz, poderemos utilizar outros meios, até mesmo o confronto, se a classe, em AGE, assim entender.
    Este trecho não passa de uma tentativa de conquista de alguns votos dos radicais fundamentalistas. Está claro que nenhum confronto será levado à cabo por esta gestão.

    Por tudo isso e acreditando que, só por meio de uma mudança de postura, poderemos resgatar a dignidade do AFR como profissional e a credibilidade da nossa entidade representativa, o SINAFRESP, pedimos o seu apoio e seu voto a Chapa 1 – UNIÃO & AÇÃO RESPONSÁVEL.
    Mais uma vez, parece que a dignidade do AFR foi perdida nesta gestão do Sindicato. Nenhuma crítica foi feita à Lei 1059/08. Pelo contrário, quando vi referência a ela, foi para enaltecê-la, pois preservou parte de nossas atribuições.

    Todo este texto se prestou, unicamente, a condenar qualquer ação mais forte por parte do Sindicato, restando à categoria, caso a Chapa 1 seja eleita, apenas a negociação. É este o sinal que estaremos passando para a Administração caso optemos pela Chapa 1: não iremos tomar nenhuma atitude caso esta chapa seja eleita.

    Gustavo Theodoro

  • Valéria - 8 years ago

    Colegas Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo

    Nós da Chapa 1 – “UNIÃO & AÇÃO RESPONSÁVEL”, resolvemos concorrer às eleições de 08 de novembro próximo, porque percebemos um acentuado enfraquecimento da nossa categoria.
    Não ficou claro a partir de quando o enfraquecimento ocorreu. A Lei 1059/2008 deve ter a ver com isso. De todo modo, não é este o discurso oficial, que procura nos convencer de que a Lei 1059/08 foi boa para a categoria. Entretanto, trata-se de questão de opinião, é o diagnóstico da chapa que a categoria se enfraqueceu, não sei quando.

    Acreditamos que isto se deve muito à postura de confronto levada a efeito pelo SINAFRESP.
    Talvez agora tenha ficado claro. Se o enfraquecimento se deu à postura de confronto do SINAFRESP, não se está falando do enfraquecimento provocado pela Lei 1059/08, mas de outro enfraquecimento. Provavelmente, a chapa 1 está se referindo ao fato de a Administração não estar tratando o SINAFRESP com o devido respeito. Vamos ver onde isto vai dar.

    É importante lembrar que os direitos e garantias de que a carreira dispõe hoje, são frutos de lutas vitoriosas e histórias travadas ao longo do tempo.
    Colegas, não vou comentar os problemas de pontuação, pois entendo que o texto pode ter sido escrito às pressas. Neste trecho, a chapa 1 chega a uma importante conclusão: nossos direitos e garantias são frutos de lutas vitoriosas. Gostei do emprego de lutas, pois imaginei que a chapa 1 fosse partidária única e exclusivamente do diálogo.

    A título exemplificativo, citamos a previsão legal que nos permite a exclusividade do AFR nas funções, desde a FDT até a de Coordenador da CAT.
    Opa! Acho que conheço este discurso. A Lei 1059/08 é boa porque não perdemos competências. Geralmente quem defende a Lei 1059/08 o faz por destacar nossas competências (vide artigo do Soto, publicado recentemente). É importante relativizar um pouco esta conquista. A Presidência do TIT não é de competência exclusiva dos AFRs. Sabemos que a CAT já foi poderosa no passado, mas dela foram extraídas a CGA e a CPM. Com isso, não temos nem o controle das viaturas. O planejamento estratégico está subordinado à CPM. Nem a CGA nem a CPM são exclusivas dos AFRs. Aliás, até o DRH, que tem se notabilizado por fazer interpretações contra os AFRs, já foi ocupada por AFR, e hoje estamos sujeitos ao escrutínio de outras carreiras. Gostei do fato de a chapa 1 admitir que as conquistas da 1059/08 foi resultado de lutas (e foi mesmo, pois a classe lutou muito em 2008, enfrentando sem medo à Administração e a Sefaz). Bom, mas vamos em frente.

    Isso significa que a SEFAZ é um universo complexo e diferenciado que carrega no seu corpo as mais diversas funções, desde aquelas especificadas de Auditoria Fiscal, até aquelas mais afeitas aos Poderes LEGISLATIVOS ( preparação e estudos de projetos de lei) e JUDICIÁRIO (TIT e Representação Fiscal).
    A frase de cima não permite a conclusão abaixo. Isto significa... Nem sei o que quiseram ressaltar aqui, pois estávamos falando da exclusividade que a 1059/08 trouxe para algumas funções (não todas, como já expliquei) e agora a argumentação é de que somos um universo complexo. Este comentário de que temos funções afeitas ao Legislativo e ao Judiciário é proferida por quem, certamente, desconhece os papeis do Executivo. Mas ainda não chegamos ao melhor.

    Essa constatação nos leva a defender sempre, o caminho da negociação franca e propositiva na solução dos conflitos provocados pelas ações da SEFAZ que contrariem os interesses dos AFRs, em vez de partir para atitudes agressivas, como, dentre outras, a publicação de textos assinados sobre o IPVA, o SIMPLES NACIONAL e as “denúncias” ao MPE e ao TCE sobre a Nota Fiscal Paulista (NFP), assuntos esses que, no nosso entender, não trazem benefícios diretos para a categoria e ainda expõem os colegas AFRs e a Administração Tributária.
    Colegas, sou proveniente da área de exatas. Acompanho qualquer raciocínio indutivo, baseado na lógica,

  • Valéria - 8 years ago

    http://chapa2sinafresp.files.wordpress.com/2012/11/cartadito.jpg

  • Valéria - 8 years ago

    Não entendi, voces trocaram as porcentagens??
    Eta enquete mais atrapalhada, inverte resultado, parece coisa encomendada.
    Voces deveriam ser mais sérios.
    Valéria

  • Elizabeth - 8 years ago

    Como em um dia podem ter mudado as porcentagens,Acho que e necessario uma explicação, pois na quarta feira era a chapa 2 que vencia, na quinta voce tirou o blog do ar e agora mudoaram as pesquisas
    Acho que tem dedo da Globo ai rsrsrs
    abcs

Leave a Comment

0/4000 chars


Submit Comment

Create your own.

Opinions! We all have them. Find out what people really think with polls and surveys from Crowdsignal.