Você é a favor da greve geral?
407 Comments

  • Rodrigo Bispo - 4 years ago

    São muito inteligentes os grevistas! Querem continuar recebendo os "direitos dados pelo governo"! Só se esquecem de perguntar quem é que paga por esses "direitos"!
    O governo só tem que, por meio da justiça, eu receba o que está no meu contrato, o resto decido eu! Não quero principalmente esse monte de pelegos dos sindicatos falando por mim e, o que é pior, ganhando gordos salários, pagos com o imposto sindical que é tomado a força sem direito sequer a escolher se quero ser representado e por quem!

  • Deise Clare - 4 years ago

    Estou cansada de pagar a conta e nao ter direito a nada

  • Ernesto - 4 years ago

    Querem acabar com todos os direitos do trabalhador! Simples assim, não há outra saída para nós que vivemos do salario!! Privilegiado não é o trabalhador do serviço público, mas as famílias que detém as grandes empresas que sonegam o pagamento da previdência e desrespeitam os mínimos direitos humanos do trabalhador.

    Sexta-feira ninguém trabalha: Greve geral!!!

  • Renilson Xavier de Santana - 4 years ago

    Sou a favor da greve, pois é a forma de lutar contra as perdas de direitos nesse desgoverno

  • HOfling - 4 years ago

    Vai dizer que só petista votou aqui?

  • luiz carlos ribeiro - 4 years ago

    Quanta conveniência dos grevistas, greve na sexta para juntar com final de semana e feriado! Para mim, todos são servidores públicos, que mamam nas têtas do governo, ou sindicalistas da esquerda que vêem seus benefícios correndo risco de diluir-se com a reforma trabalhista. Ou seja, só olham pro umbigo. Os que amam este País de verdade, estarão trabalhando nesta sexta-feira. Avante Brasil!

  • Tatiane Santana Rocha Honorato - 4 years ago

    Vou pra greve pelo meu futuro,do meu filho, amigos, familiares e até dos desconhecidos. Não luto pra manter "privilégios" ,mas sim por um país mais justo. Quem diz que funcionário público tem privilégio não sabe o que diz.

  • Jack Castro - 4 years ago

    As alternativas deviam ser
    ( ) Sim
    ( ) Claro
    ( ) É óbvio
    ( ) Com certeza
    ( ) Talvez

  • Nando Ponti - 4 years ago

    A CEGUEIRA DO ANDES-SN E DOS SINPROS - Desde a discussão de 1988 os representantes dos professores brigam por conquistar e obter aposentadoria com menos anos de serviço,ao contrário dos demais trabalhadores. Em compensação aceitam salários miseráveis do poder público e péssimas condições de trabalho. Em nenhuma sociedade que preze o conhecimento e a qualificação de seus cidadãos dispensa-se a sabedoria e conquistada ao longo dos anos pelos professores e pesquisadores. O foco não deve ser o de manter o privilégio de se aposentar com menos anos de serviço. Sou professor "idoso", com orgulho. Por isso “28 de abril: vou trabalhar pelo Brasil”!

  • Dulce Fanni - 4 years ago

    Quanto retrocesso!!! A imprensa e a mídia blindam esse governo usurpador e golpista que não tem nenhum compromisso com o povo, mas com quem financiou o golpe, impondo nas costas dos trabalhadores uma reforma trabalhista que tira direitos conquistados à duras penas e uma reforma da previdência, que na verdade é o desmonte da previdência e ataque às aposentadorias. O que é mais vergonhoso que este parte de quem se aposentou aos 55 anos, com com vencimentos que ultrapassam trinta mil reais. #GreveGeral #ForaTemer #NenhumDireitoAMenos #DiretasJá

  • odemir - 4 years ago

    Não podemos nos omitir nesse momento árduo e difícil. Fazer reformas quando se chega à um governo, é drástico. Dizer que existe um rombo sem concordar que seja feita uma auditoria séria é lesar a população - estou falando da reforma da previdência. Sem destacar a reforma da escravidão - trabalhista. É hora de tirar o vermelho, o azul, o amarelo ou qualquer cor partidária e vestir- se dá dignidade. É hora de ir de preto pela morte dos direitos dos verdadeiros heróis dessa nação: os trabalhadores.

  • Marcio - 4 years ago

    Parar o Brasil por um dia é muito pouco. Nitidamente é a favor da reforma quem não precisa de aposentadoria e sim de pessoas com pouca renda pra admirar seus atos de ostentações. Aqueles que estão mais preocupados com a continuidade das pessoas culturalmente e financeiramente inferiores que servem de combustível para seu ego e de degraus na sua escalada n sei pra onde..

  • Nando Ponto - 4 years ago

    Sim, eu concordo: não é uma greve da esquerda ou de direita. Mas também não é comprometida com o povo ou com os quase 40 milhões de trabalhadores com emprego formal. É uma greve dos cochinhas de esquerda e de direita que desejam manter seus privilégios.
    Pois bem, em março de 1989, ocorreu a última “greve geral” contra o desastrado “Plano Verão” do Governo Sarney, lançado em janeiro do mesmo ano (congelamento de preços e salários e criação do “Cruzeiro novo”, que envelheceu rápido), como tentativa desesperada para combater uma inflação galopante jamais vista (coisas que os grevistas de hoje desconhecem). O então poderoso presidente da CUT Jair Meneguelli disse: “A greve foi geral, mas não total”. Naquela época, apoiei a mobilização (os sindicatos de hoje e membros das igrejas não imaginam o que era ficar na fila para comprar um quilo de carne ou correr para o mercado quando recebia o salário de professor para abastecer a casa antes que a inflação o devorasse).
    Ironias da história: o governo de Sarney – (substituiu o presidente eleito Tancredo Neves que faleceu exatamente há 32 anos, em 21/04/1985, antes de tomar posse) - iniciou a chamada “Nova República” deu margem ao governo Collor que acabou em impedimento. Depois Sarney se tornou amigo íntimo de Luiz Inácio e de Vana Rousseff, que também acabou em impedimento e corrupção. E agora as centrais sindicais e outras organizações se mobilizam contra o aprofundamento da reforma da previdência que já era pretendida por Luiz Inácio e Vana Rousseff. Abaixo a camarilha elitista de esquerda e de direita!
    “28 DE ABRIL: VOU TRABALHAR PELO BRASIL!”

  • Dayanne Lima - 4 years ago

    Só é a favor da reforma quem é rico ou quem é burro. Se você não for rico então... Complete o raciocínio.

  • Jotaele - 4 years ago

    Essa greve e coisa da CUT e funcionários públicos que nao querem perder suas benesses. Nao apoio. Nao preciso do estado me tutelando

  • Nando Ponti - 4 years ago

    Por quê não protestaram contra a instituição da “fórmula 85/95” progressiva para aposentadorias instituída por Rousseff em 2015? Por quê não protestaram contra a ampliação da reforma que Luiz Inácio propunha no final de 2015 (https://youtu.be/suQby6-_lOM)? Por quê não protestaram contra a repentina reforma da Previdência proposta por Vana Rousseff num belo café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, em 7 de janeiro de 2016 numa jogada para granjear simpatias? Dizia ela: “Vamos ter que encarar a reforma da Previdência. Não é possível que a idade média de aposentadoria no Brasil seja 55 anos. Para a mulher, um pouco menos. Não é possível por uma questão quantitativa. Vai ter menos gente trabalhando no futuro para sustentar mais gente sem trabalhar”. No dia 2 de fevereiro 2016, já desgastada pelo processo de impeachment, a ex-presidente reafirmou que a intenção da reforma: “Neste momento, nos cabe enfrentar o maior desafio para a política fiscal no Brasil e, para vários países do mundo, que é a sustentabilidade da Previdência Social em um contexto de envelhecimento da população”. Por quê não se mobilizaram contra a reforma da Presidência no final de 2003, considerada por Luiz Inácio como a sua primeira a grande vitória?
    Somente agora o Senado instalou (26/04/2017) a CPI presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), destinada a investigar a fraude, a sonegação e a corrupção na Previdência Social. Por quê não se mobilizaram ao longo de quase 14 anos para cobrar os recursos que dizem existir por causa da sonegação, isenções e outras falcatruas? Teria sido por medo de penalizar as empresas do capitalismo selvagem que pagavam propinas aos governantes?
    Pois bem, em março de 1989, ocorreu a última “greve geral” contra o desastrado “Plano Verão” do Governo Sarney, lançado em janeiro do mesmo ano (congelamento de preços e salários e criação do “Cruzeiro novo”, que envelheceu rápido), como tentativa desesperada para combater uma inflação galopante jamais vista (coisas que os grevistas de hoje desconhecem). O então poderoso presidente da CUT Jair Meneguelli disse: “A greve foi geral, mas não total”. Naquela época, apoiei a mobilização (há quem não imagina o que era ficar na fila para comprar um quilo de carne ou correr para o mercado quando recebia o salário de professor para abastecer a casa antes que a inflação o devorasse).
    Ironias da história: o governo de Sarney – (substituiu o presidente eleito Tancredo Neves que faleceu exatamente há 32 anos, em 21/04/1985, antes de tomar posse) - iniciou a chamada “Nova República” deu margem ao governo Collor que acabou em impedimento. Depois Sarney se tornou amigo íntimo de Luiz Inácio e de Vana Rousseff, que também acabou em impedimento e corrupção. E agora as centrais sindicais e outras organizações se mobilizam contra o aprofundamento da reforma da previdência pretendido por Luiz Inácio e Vana Rousseff.
    Por tudo isso, sem medo, declaro que a palavra de ordem para mim é: “28 de abril: vou trabalhar pelo Brasil”! Sim, eu sei: sou minoria contra a greve geral.

  • Orlandão - 4 years ago

    Faço minha as palavras do Jefferson!

  • Nando Ponti - 4 years ago

    Recebi um vídeo de um bispo e de um padre conclamando para a paralisação dia 28/04, uma sexta-feira, véspera de um “feriadão”. Perguntar não ofende. Por que diabos (Oops! desculpem-me senhores membros de igrejas...) esses sindicatos fazem paralisações de cunho mais geral em dias úteis ou de trabalho? Não creio que seja para não prejudicar a frequência semanal aos cultos religiosos nos sábados e domingos...
    Por quê, como acontece em muitos países, não fazem essas manifestações e acampamentos nas ruas no Dia do Trabalho / do Trabalhador? Seria para aumentar o “feriadão” remunerado, já que na segunda-feira depois da paralisação, é feriado internacional? Por quê as igrejas não protestam de novo contra aqueles políticos que “usam o santo nome de Deus em vão” ao se proclamarem em falas públicas que, mais puro do que eles, somente Jesus Cristo? (ou Buda ?). Por quê não protestam de novo contra o fato desses partidos promoverem a corrupção como forma de se manterem no poder?
    Por quê os sindicatos e igrejas não protestam nem se mobilizam contra a deturpação da lei contra a corrupção, contra as grandes empresas que roubaram bilhões dos trabalhadores ao fazerem conluios com governos “progressistas” (brasileiros e estrangeiros), contra os partidos políticos apoiados pelos que compactuaram com o capitalismo selvagem, sendo que diziam que lutariam para reformar o Brasil?
    Por quê não protestam contra a recessão econômica “jamais vista na história deste país” que levou ao desemprego mais de 13 milhões de trabalhadores?

  • Fabio Verol - 4 years ago

    Absurdo como essa conta da previdencia não fecha....palhaçada vamos trabalhar até a morte....povinho medíocre....duvido aprovar isso na Europa especialmente França....tem que fazer reforma nos políticos.

  • Nando Ponti - 4 years ago

    Entre os responsáveis pela paralisação estão os movimentos “Frentes Brasil Popular” e “Povo Sem Medo”, as centrais sindicais como a CUT, a UGT, a CTB, a CSB, a Nova Central, a Força Sindical, a Intersindical, a CSP-Conlutas e a CGTB, o Andes-SN e vários Sinpros estaduais, além de sindicatos de servidores públicos. São muitos sindicatos,todos mantidos pela contribuição compulsória. Seria, dizem, um protesto contra a reforma da Previdência, as mudanças na legislação trabalhista, a terceirização (há muito já utilizada por grande parte da administração federal), o fim do “imposto sindical” e até contra o governo “complementar golpista” (estes dois não declarados, de início). Vários dos sindicatos deixaram entender que abrandariam os protestos contra as reformas (chantagem?) em troca do apoio do governo “complementar” para a manutenção da cobrança da contribuição sindical Ora! Ora!

  • Nando Ponti - 4 years ago

    “28 DE ABRIL: VOU TRABALHAR PELO BRASIL!” - Por tudo que questiono abaixo, declaro, sem medo, que a palavra de ordem para mim é: “28 de abril: vou trabalhar pelo Brasil”. Não tenho o dinheiro das empresas corruptas nem a força das centrais sindicais, mas estarei envolvido com vários cidadãos - trabalhadores também -, para dar formas a mais um projeto pelo desenvolvimento da sociedade brasileira. Mas atenção: isso não significa que votei ou votaria no atual governo “complementar”!

  • Kate - 4 years ago

    A greve é do trabalhador. Veja golpista! Não vai parar o povo!
    #foratemer

  • Elineide Meireles Medeiros - 4 years ago

    #nenhumdireitoamenos
    #diganaoaoretrocesso
    #pelagarantiadosdireitosdostrbalhadores

  • Esau - 4 years ago

    Não iremos "cubalisar" o Brasil.
    #ForaTemer
    #Lulanacadeia
    #Dilmanuncamais

  • Maria Martha - 4 years ago

    Greve já! Nenhum direito a menos!
    A greve é dos trabalhadores que sentem-se usurpados e não de partidos políticos.
    Acorda Brasil!

  • Vanessa - 4 years ago

    #foralula
    #forapt
    #lulabandido

  • Eni - 4 years ago

    Sim, ou luta agora ou lamenta para sempre, a greve e a única arma que mostra que temos poder quando estamos no mesmo objetivo

  • Vanessa - 4 years ago

    Meu Deus! Estou horrorizada com os comentários dessa enquete! "Talvez um dia sejamos uma Venezuela"?? Quem faz um comentário desse ou está ganhando dinheiro de corrupção ou e o maior ingênuo do planeta! Acorda!!!!

  • GREVE CONTRA A HIPOCRISIA ! - 4 years ago

    Que hipócrita e sem noção é o cidadão brasileiro!
    Faz greve para a manutenção de pseudo direitos, que são sistematicamente usurpados por um estado, cheio de fidalgos e lacaios extremamente bem remunerados!
    Uma greve geral, contra os 38 partidos políticos inúteis, que vampirizam os cofre públicos, ninguém faz ?
    Essa greve é para distrair ao povo, do fato que a quadrilha que afundou o Brasil em mais dívidas, está sendo julgada!
    Brasil, pizza parlamentar amarga e fisiológica!

  • Vanessa - 4 years ago

    Vamos nos manifestar e reivindicar nossos direitos! Mas sem greve!
    #foralula
    #forapt
    #lulabandido

  • Gileades - 4 years ago

    Concordo plenamente com essas greve geral,sim.É os nossos direitos trabalhistas
    que estão em pauta,no congresso nacional.
    Esses miseráveis coronéis vestidos
    de ternos,querem nos escravizar.
    "Se nós não falarmos(GREVE JAÁÁÁ!!!) hoje.
    Seremos reféns do nosso silêncio amanhã."

  • Gileades - 4 years ago

    Concordo plenamente com essas greve geral,sim.É os nossos direitos trabalhistas
    que estão em pauta,no congresso nacional.
    Esses miseráveis coronéis vestidos
    de ternos,querem nos escravizar.
    "Se nós não falarmos(GREVE JAÁÁÁ!!!) hoje
    Seremos reféns do nosso silêncio amanhã."

  • Gileades - 4 years ago

    Concordo plenamente com essas greve geral,sim.É os nossos direitos trabalhistas
    que estão em pauta,no congresso nacional.
    Esses miseráveis coronéis vestidos
    de ternos,querem nos escravizar.
    "Se nós não falarmos(GREVE JAÁÁÁ!!!) hoje,
    seremos reféns do nosso silêncio amanhã."

  • Thales Bruno - 4 years ago

    Porra de greve é essa? Querem proteger o Lula e contar mentiras pro povo??? Essa greve é apenas pra ter gente dizendo ser contra prender o safado do Molusco...eu sou a favor da prisão desse verme e contra greve pelega...

  • Paulo Cesar Ferraz Veiga - 4 years ago

    Precisamos mostrar para esses usurpadores que estamos os destituindo de nos representarem. Sinto-me envergonhado e traído pelos que deleguei minha representatividade. Votei acreditando estar elegendo "um homem de bem". Infelizmente nomeei um bandido, vendido por cargo e poder. Deixo aqui a minha pergunta: ONDE OS SENHORES ACHAM QUE LEVARAO O QUE AMEALHAREM NOS SEUS BOLSOS? Em seus caixões nada levarão. Irão deixar a discórdia de seus herdeiros pela colheita dá desonestidade quando no cargo ocupado.
    Outrossim, tudo o que estiverem aprovando, remeta para vós todos. Não usem de dois pesos e duas medidas. Se é bom para o outro, também deve ser bom prá mim. Legislem dessa forma.

  • Gileades - 4 years ago

    Concordo plenamente com essas greve geral,sim.É os nossos direitos trabalhistas
    que estão em pauta,no congresso nacional.
    Esses miseráveis coronéis vestidos
    de ternos,querem nos escravizar.
    "Se nos falarmos hoje,
    seremos reféns do nosso silêncio amanhã."

  • Maria Cristina Orlando da Costa - 4 years ago

    Esse governo é esse Congresso que está lá não tem legitimidade para propor nada o povo brasileiro. São golpistas, corruptos, oportunistas. Fora todos.

  • Laura - 4 years ago

    Greve geral!! Fora todos!!! Que a classe trabalhadora tome o poder!!!! Nenhum direito a menos!!! Nenhuma reforma, revolução já!

  • Silvia Letícia dos Reis - 4 years ago

    Não podemos deixar que tantos direitos sejam jogados no lixo. No dia em que nossos direitos forem iguais para os políticos, eles pensarão duas vezes antes de fazer uma proposta dessa.

  • RACHEL - 4 years ago

    #ForaTemerGolpista
    #VoltaQuerida
    #Lula2018

  • Jackson Rodrigues Ferreira - 4 years ago

    #ForaTemer
    #VoltaQuerida
    #Luka2018
    #FodaseVejaGloboPig

  • Cristiano - 4 years ago

    Sou favor por causa das reformas

  • Naide cortez - 4 years ago

    ESTE PRESIDENTE INLEGÍTMO TEM QUE SAIR. NOVA ELEIÇÃO ELEIÇÃO!!
    #FORATEMER#

  • Naide cortez - 4 years ago

    ESTE PRESIDENTE INLEGÍTMO TEM QUE SAIR. NOVA ELEIÇÃO ELEIÇÃO!!
    #FORATEMER#

  • Vanessa FORA TEMER - 4 years ago

    Veja só: "O peemedebista já gastou até agora R$ 29,5 milhões só com produção e veiculação de propagandas favoráveis às mudanças na aposentadoria"... ????????????????????????...

  • Cleber - 4 years ago

    Os mesmos politicos bandidos que saquearam e saqueiam a previdência são os que querem que paguemos a conta.
    FHC, Lula e Dilma fizeram reformas que nosretiraram direitos. Agora a marionete de plantão, um vampiro, vai fazer retribuir o favor dos bancos.

  • Alexandre Forte - 4 years ago

    Sou totalmente a favor de reformas eleitoral, tributária, trabalhista e previdenciária. Mas, sou totalmente contra a condução dessa reforma por um governo e um congresso que abrigam inúmeros corruptos.
    Você compraria o carro de um notório salafrário. Não, né. E vai deixar um bando de bandidos, corruptos, fazerem reformas tão importantes? Você tem confiança nessa gente sem princípios?
    Reformas tão importantes têm que ser feitas por um novo Congresso, renovado por eleições. Que se antecipem as eleições para deputados e senadores, e vamos limpar os bandidos da nossa vida! Com o Congresso renovado, aí sim podemos discutir as reformas!
    Quem deixa bandido governar sua vida é burro! Quem defende bandido, bandido é!

  • Rosa Mendroni - 4 years ago

    Quando voltei em Dilma, não votei na pessoa dela, votei em um projeto de Governo para beneficiar o povo, e esse Temer golpistas está implantando um projeto contra o povo é a favor das elites. Fora Temer usurpador.

  • Stephy - 4 years ago

    E qual rato você quer colocar lá Vanderlan?por acaso vc quer colocar o chefe da quadrilha? A pior das ratazanas que não tem o dedo mínimo?

  • Vera Lúcia Monteiro Rocha - 4 years ago

    Sou a favor da greve geral.

  • Assis - 4 years ago

    Vamos acabar com a classe política que não acompanha o povo.

  • Vanderlan - 4 years ago

    TEMOS QUE ARRANCAR ESSES RATOS DO PODER AGORA!!! NEM POLÍTICOS DE CARREIRA, NEM MILITARES MERECEM O PODER! O POVO TEM QUE INVADIR BRASÍLIA E TOMAR O PODER DAS MÃOS DESSES RATOS A FORÇA! TEMOS QUE CRIAR UM GOVERNO IGUALITÁRIO E JUSTO CRIADO PELO POVO E PARA O POVO! UM GOVERNO REALMENTE DEMOCRÁTICO SEM DEMAGOGIA OU FALSAS INTENÇÕES. TEMOS MUITO DINHEIRO, SOMOS RIQUÍSSIMOS E NO ENTANTO VIVEMOS DE PIRES NA MÃO PEDINDO ESMOLA, POIS NOSSO DINHEIRO É ROUBADO A TODO INSTANTE POR ESSES CANALHAS DE GRAVATA, ESSES RATOS IMUNDOS!

  • Ademar Correia Bacelar - 4 years ago

    Sou a favor plenamente dá greve, pois querem escravizar ainda mais o povo Brasileiro, com a destruição dá Previdência!!!

  • Jefferson - 4 years ago

    Sou contra a greve, afinal aposentar é para os fracos, quero morrer trabalhando e ganhando a pra sobreviver e pagar contas, continuar enriquecendo o patrão e seus luxos e sonegações de impostos. Afinal alguém tem que pagar a conta né. Ah e é coisa do PT também, tão me tirando a pouca dignidade da minha família, mas a culpa é do PT e do LULA, e não acredito que todos os partidos estão envolvidos em corrupção, foi lula que inventou isso o resto é tudo bom, e estão passando o país à limpo.

  • Bruno Oliveira - 4 years ago

    Essa Greve não é de Esquerda ou Direita, é do Povo, é uma pena que algumas pessoas achem que apoiando a greve estarão mudando de lado ideológico, Acorda Brasil, Quero ver alguém querer não receber mais 13º, não ter mais direito a hora do almoço de 1hr pra escanço, Que a CLT é antiga isso eu tenho certeza que todos nos sabemos mas deixar um governo sem moral com corruptos em todas as escalas decidir o que deve ser alterado é um absurdo, se vão mudar algo do povo que pelo menos deixem a gente votar o que deve ou não ser alterado, porquê não colocam logo o salário minimo em 1000 Reais? pensem nisso! é a luta das classes, e o povo é a maioria mas não sabe disso, então vamos parar sim, pra que o que aconteceu em 64 não se repita e nenhum direito a menos

  • Francisco Cordeiro - 4 years ago

    De fato temos hoje um sério problema com a previdência, mas não são esses políticos sem moral e ignorando os especialistas (não tendenciosos) que vão resolver o problema.
    O congresso sempre foi moroso na votação de suas matérias. Que "eficiência" repentina é essa!? Acorda Brasil! Esses caras estão ao lado de uma elite que só pensa no lucro que vai ter explorando o trabalhador! Vamos para a rua avisar que se eles votam contra nós eles não voltam pra Brasília. Vamos anotar os nomes de cada um desses traidores e lembrar deles ano que vem!

  • Severino oliveira - 4 years ago

    Para ter dinheiro na previdência é só gera emprego. São mais de doze milhões de desempregados. E esses políticos e seus familiares não sabe o que é crise,são vagabundos eleito com o votos dos pobres e depois dá as costas para o povo que os elegerão.

  • SINCALISTA DE CAMA - 4 years ago

    Bora fazer greve camaradas... Vão acabar com o imposto sindical obrigatório, estão deixando na mão do trabalhador, os direitos de escolher como trabalhar...tenho minhas contas pra pagar...Fora golpistas vão acabar com a CUT e nosso financiamento de mortadela com pão. Trabalhar eu não querooooo.

  • Ivan Bernardo - 4 years ago

    Que os ricos paguem a conta da crise que eles mesmos fizeram! Fora Temer! Fora todos eles! Nenhum direito a menos! Organizar os de baixo para derrubar os de cima! Greve Geral é a solução! Operários e o povo no poder!

  • E. Amaral - 4 years ago

    No mundo inteiro os ataques aos direitos trabalhistas geraram dor e sofrimento. O mesmo ocorrerá no Brasil. A diferença é que lá fora eles ja estão revendo essa posição e aqui, atrasados, estamos iniciando o processo sem antes avaliarmos os resultados desastrosos dessas politicas para a sociedade.

  • Antonio carvalho - 4 years ago

    Sou contra a greve, a CLT foi construida na epoca das carroças, hoje estamos na era dos Drones..tem gente aposentada hoje porque perdeu a ponta do dedo,por isso chegamos a essa situação..temos que reformar...tudo..

  • Sidney - 4 years ago

    5 anos investigando Lula, e nada foi privado!
    Seria possível nossa Polícia Federal tão empenhada não encontrar nenhum indício de falcatrua em tanto tempo de investigação?
    Acorda povo, estão querendo denegrir a imagem do único político que lutou para que tivéssemos o mínimo de dignidade.
    A globo e os golpistas estão desesperados com a ideia de Lula presidente em 2018!

  • Alexandre - 4 years ago

    E auditoria na previdência já! Chega de desviar os recursos dela pra outros fins.

  • Marcia - 4 years ago

    A CUT sempre lutou pelos trabalhadores, vamos apoiar esta greve, quem sabe um dia vamos conseguir ser uma Venezuela. Força CUT. Camarada Vicentinho e camarada Paulinho (vendedor de greve).

  • Neto - 4 years ago

    ACORDA....vao colocar vc coxinha e vc mortadela para trabalhar até 65 anos! Tendo que contribuír por 40 logo anos...quem vai aguentar isso! Acorda meu povo, mais uma vez os políticos vão se aproveitar de uma situação para ferrar o povo! Só que dessa vez o ferro vai ser total e até 65.

  • Paulo Eduardo Wach - 4 years ago

    Prisão de Lula é o cacete!!
    Vou a rua para eu poder me aposentar ainda vivo.!!!
    Fora FDPs que querem nos roubar a aposentadoria.

  • Alexandre - 4 years ago

    Ja passou da hora de barrarmos o golpe em andamento. Não se trata de defender pt, não importa o pt, isso é falácia de quem quer desviar do problema real. Se trata de defender a classe trabalhadora, a dignidade e a soberania popular diante dos velhos exploradores travestidos de modernizadores. Querem um povo dócil, sem cultura, desinformado, "patriota" pra defender os interesses deles. Falam mal do Estado, querem reduzir o Estado, mas são saqueadores históricos do Estado. Pra eles somos bois no matadouro, quanto mais obedientes, alienados e fáceis de enlatar melhor. Escola tem que ter reflexão. Não tem nada a ver com partido. Tem a ver com consciência. Greve Geral sim! Acorda Brasil!

  • Fernando - 4 years ago

    Sou a favor de mais direitos ao trabalhador, mas tem uma conta que não fecha, para que serve vários direitos se não temos nem emprego? Devemos acabar com a mordomia dos funcionários públicos, que se aposentam com salário integral, já nós os mortais no máximo 5 mil, se contribuir com 10 por mês, é muito injusto. Só que isso ninguém quer debater. Esta greve é de funcionário público e da CUT, não participo.

  • Dulce Regina de Araujo - 4 years ago

    Toltamente a favor, vamos todos para GREVE.

  • Anjo - 4 years ago

    Ô povo desgraçado de burro, essa greve é dos vermelhos cambada de lazarento!! Estamos fudidos eternamente!!!!

  • Wagner - 4 years ago

    Nessa sexta .. vamos as ruas pedir a prisão de Lula .

  • Borges - 4 years ago

    Simplesmente a favor pelos vários motivos já sabidos.

  • Antonio - 4 years ago

    A favor da greve geral, vamos lutar para manter o imposto sindical e a proliferação dos sindicatos, só temos 3000, fora as centrais, nos países civilizados, não passa de 200. Sou sindicalista dependo deste imposto para sobreviver, já que não sou muito apegado ao trabalho. Bora lá parar tudo!

  • Joao Paulo - 4 years ago

    Adorei a carta escrita por alguns alunos do Colégio Santa Cruz em resposta ao corpo docente do colégio que decidiu entrar em greve. Segue:
    Carta em resposta ao corpo docente do Colégio Santa Cruz

    Em primeiro lugar, é necessário dizer que temos um profundo respeito pelo corpo docente do Colégio Santa Cruz, que realiza seu dever de nos educar de forma exemplar, e com o qual possuímos muitas ideias em comum. Reconhecemos também que foram esses professores que nos possibilitaram desenvolver as competências necessárias para entrar no debate político e sempre nos deram o espaço para exercermos nossos questionamentos. Apesar disso, seria impossível não nos posicionarmos frente ao que consideramos uma visão equivocada, com prováveis consequências catastróficas para o País como um todo.

    Após ler a Carta Aberta escrita pelos professores referente à decisão de paralisação no dia 28 de abril de 2017, sentimos a necessidade de redigir essa resposta explicitando nossa posição. Reconhecemos o direito à greve e à livre manifestação de ideias e entendemos que a Carta justifica a ação dos professores, porém acreditamos que o posicionamento contra a Reforma da Previdência seja profundamente equivocado. Além disso, a Carta passa ao largo das questões centrais envolvidas, apelando para noções generalistas de "justiça social". Pauta-se em um maniqueísmo exacerbado e parte, desde a 1ª linha, do pressuposto de que as reformas propostas pelo Governo Federal são ruins para o país e, especialmente, para os mais pobres. Essa forma de pensar apenas simplifica e empobrece o debate.

    Com o objetivo de justificar a decisão dos professores, a argumentação esconde-se atrás de uma suposta "proteção de direitos", defende a manutenção do status quo e falha em criticar aspectos objetivos da proposta de reforma. Acontece que um direito ser garantido por lei não garante o orçamento necessário para cumpri-lo. Sendo assim, a Carta defende que se mantenha o rombo crescente da Previdência. Esse rombo foi, segundo dados do próprio Governo Federal, de cerca de 300 bilhões de reais ano passado (5% do PIB), e tende a crescer conforme a população envelhece. Isso impede tanto a estabilidade fiscal como maiores investimentos em outros setores. Em um país que, falando de Previdência, estão postas duas opções: a Reforma proposta pelo Governo ou o sistema atual, defender a segunda opção é usar o discurso da defesa de direitos para, na realidade, defender privilégios. Dentre estes privilégios, há por exemplo o fato de funcionários públicos se aposentarem fora do RGPS (recebendo o equivalente a seus salários anteriores, ignorando o teto de 5.300 reais que vale para todos os outros trabalhadores). Ademais, o modelo atual permite que os mais ricos se aposentem mais cedo, já que têm muito mais facilidade para contribuir para a Previdência, criando casos absurdos e indefensáveis, como o fato de o presidente Michel Temer ter se aposentado como promotor público aos 55 anos de idade.

    Não nos enganemos; ir contra a reforma da Previdência é também defender que um funcionário público continue recebendo em média três vezes mais do que um trabalhador regular (Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados), e que a média de aposentadoria no Judiciário, de 25.700 reais, não seja alterada. Dinheiro esse que poderia ser revertido para outras áreas fundamentais, nas quais o investimento governamental é raquítico, como por exemplo saneamento básico, saúde e educação.

    Além disso, o Brasil já gasta uma porcentagem maior do PIB em Previdência do que a média da OCDE, mesmo sendo um país relativamente jovem. Com o envelhecimento do país, que ocorre a passos largos, segundo o IBGE, os improcedentes 13% do PIB gastos pelo Brasil só tendem a aumentar. Não obstante, o número proporcional de pessoas economicamente ativas tende a diminuir. Ou seja, enquanto a expectativa de vida só aumenta e a população em geral só envelhece, parece razoável aos professores que as regras se mantenham as mesma

  • Daniela Baldin - 4 years ago

    Totalmente a favor!!

  • Marcio - 4 years ago

    Grave chapa branca, viva o imposto sindical, viva a cut e F... o trabalhador, ot rio.

  • Luis W - 4 years ago

    LULA 2018

  • Gabrielle - 4 years ago

    Óbvio que a favor! Só sendo muito imbecil pra não aprovar! Acordem, TODOS NÓS vamos nos ferrar com essas reformas, trabalhar até morrer como escravos, sem direitos básicos e com salários de merda. Tem que ser mto imbecil ou salafrário pra defender isso, ou multimilionário E querendo escravizar geral ao seu bel prazer. Espero que o país pare!!!

  • rosemary ferreira barbosa - 4 years ago

    Pelos meus direitos, pelos direitos dos meus filhos, netos e alunos eu voto sim!!

  • Edilei - 4 years ago

    A greve não é a favor de
    Lula como estao anunciando alguns infirmantes como a veja. A greve é contra a reforma da peevidencia e a reforma trabalhista que eata sendo proposta por quem NÃO trabalha. Sou totalmente a favor. Paremos tudo dia 28/04.

  • Ana Cristina - 4 years ago

    Quero ver corta na própria carne, e fazer a reforma no Congresso. Planos de saúde Vitalício, e outras tantas mordomias. Cargos comícionados e etc.... Essa não interessa fazer

  • Ruy E. Silva - 4 years ago

    É greve. Não abro mão da minha aposentadoria conforme prevê a constituição federal. Não reconheço políticos ladrões do dinheiro público como legítimos para atacar os meus direitos à aposentadoria. Pago todo mês para receber um salário equivalente. Não é justo que um imoral, vagabundo, corrupto venha retirar os meus direitos. Deveriam ser responsabilizados pela péssima gestão dos recursos da previdência. Canalhas , emprestam o dinheiro alheio e depois não cobram. O temer quer até isentar esses empresários , outra desgraça que nos consome. Por que não vai atrás do nosso dinheiro que está na mão de Picaretas, aplicado e ganhando milhões? O que eles querem fazer com os nosso direito , parece um ataque destruídor com bombas e mísseis e o nosso futuro destroçado parecendo um cenário de guerra . Chega de manobras!!!

  • VANADI FERREIRA FARIAS - 4 years ago

    Pq não fazem apenas a reforma para esses políticos. Não é justo a população tralbahadoura pagar um salário tão alto para quem não produz nada.reforma já na aposentadoria e salário mensal dos políticos.

  • Cadu Araújo - 4 years ago

    Quem sabe o que é cidadania e ainda se sente um cidadão, ainda que com pouco direitos, vai protestar dia 28, independente e de qualquer forma!

  • Eliseu - 4 years ago

    Totalmente a favor da Greve. Ao contrário do que disse um alienado aqui, apóia a Greve todos os que lutam por direitos e que não são alienados. Quando da Proclamação da República, Aristides Lobo (ah, ele não era "comunista") disse a respeito da (não) participação do povo: "o povo assistiu bestializado àquilo". Hoje, século XXI, BASTA de bestialização. Fora golpistas corruptos!

  • João - 4 years ago

    Quem é contra?? Com toda a certeza o que é contra hoje está sendo beneficiado por algum ou vários direitos que foram conquistados com luta e mobilização de outros.. Mas sejamos práticos os direitos perdidos tbm afetarão a todos!

  • Samarão - 4 years ago

    Aceitar a aprovação de uma reforma por parlamentares que na sua maioria está envolvida em corrupção e ficar calado e aceitar que somos todos iguais.

  • Natália Pinheiro - 4 years ago

    Concordo plenamente, se os governantes não querem nos ouvir, pois acha que manda em nossas vidas em nosso país, vamos mostrar a eles quem faz esse país, quem manda nesse país.

  • Jorge - 4 years ago

    A justiça e o parlamento brasileiro estão em defesa única de um poder executivo que mantém. Seus privilégios. O Brasil precisa ser sacudido pelo povo e expurgar todos os ratos da piscina.

  • Elgson Francisco - 4 years ago

    Os brasileiros devem sair às ruas dia 28, não tem nada haver com posicionamentos políticos PT, PMDB, PSDB entre outros já mostraram que a população não está na pauta deles, por dia 28 mobilização dá população brasileira será excencial para mostrar aos políticos que eles são meros representantes dá população, pois 2018 tá logo ali.

  • Norcy - 4 years ago

    Totalmente a favor.
    Não sei se terá alguma validade nesse site, conhecido lá fora como um folhetim de fofocas.
    A veja e a globo fazem uma dupla de araque aos trabalhadores.

  • Renata - 4 years ago

    Rasgar a CLT seria retroceder muito voltar no tempo um absurdo o querem fszer! Venderam o pre-SAl o que fizeram com o dinheiro, porque não tiram os privilégios dos deputados senadores vereadores e juízes ! Porque não fazem uma cpi da previdência? Tirar o direito do trabalhador jamais

  • Dacilene Tavares - 4 years ago

    Sou a favor da paralisação p mostrar que o povo brasileiro está vivo, e lutando por seus direitos !

  • Alberto Sampaio - 4 years ago

    Sou a favor sim, pois esse Congresso de Corruptos, ladrões, sem moral, legislam em causa própria. Não representa o povo. Por que não cobram dívidas com a previdência das grandes empresas e bancos que devem BILHÕES A PREVIDÊNCIA. Agora querem colocar o trabalhador para pagar suas mordomias.

  • alessandro - 4 years ago

    Não vão presos pessoas disonestas , só vão pessoas honestas , quando são presos por engano só porque são pobres e negras , esse é o Brasil

  • Antonio Joaquim Rodrigues Feitosa - 4 years ago

    Eu sou a favor da grrve porque é uma oportunidade de mostra aos golpistas o grau de descontentamento com as políticas de retiradas dos direitos do povo brasileiro consagrados no constituição 1988 que submete o povo ao regime de escravidão.

  • Terivaldo - 4 years ago

    Sou a favor da Greve Geral pela Previdência e principalmente pelos trabalhadores brasileiros. Vamos mostrar a Força que os brasileiros têm e obrigar a eles não votar em pauta alguma antes das eleições. Os próximos a assumir definirão o futuro do nosso País.

  • Alexandre*Uma boa hora pra saber onde nossos filho - 4 years ago

    *Uma boa hora pra saber onde nossos filhos estudam!*

    Chegou pelas redes sociais a tal _greve do dia 28_. Todos sabem que essa greve foi criada pelos sindicatos com apoio de corruptos para tentar ganhar algum credito com a população dizendo que trata-se de greve contra a reforma da previdência.

    Onde já se viu greve para protestar? Os maiores protestos, e que deram certo, ocorreram exatamente aos domingos, sem atrapalhar o dia a dia do trabalhador e do cidadão de bem. E são protestos nas ruas e sempre pacíficos. Foi assim, por exemplo, que o Brasil conseguiu dar um passo contra o maior esquema de corrupção do mundo realizado nos últimos 13 anos!

    É óbvio que essa greve é partidária e não do povo. Assim, como toda coisa ruim tem um lado bom, ficou mais fácil de saber quem está ao lado do povo brasileiro e quem defende a "escola com partido" ou "escola partidária".

    Se o professor do seu filho, da escola publica ou privada, aderiu à greve, ATENÇÃO: você pode estar levando seu filho a uma pseudo doutrinação. É importante sim estar atento aos professores dos nossos filhos. Às vezes parecem inofensivos, mas suas ideologias se espalham como veneno e as vítimas são sempre os que ainda estão em formação.

    Graças a Deus, é possível hoje separar o "joio do trigo" com mais facilidade. Todas essas noticias de corrupção sistêmica levou o cidadão de bem a entender que política e ética não andam juntas. O problema é quando a política invade as salas de aula...

    Queremos protestar contra a reforma da previdência? Simples, todos na rua no domingo. Greve não é para quem leva as coisas à serio!

    Por isso, muita atenção ao nossos novos inimigos: os professores sindicalistas e partidários dogmatizados!

    *Chega de partidarismo! Chega de Ideologia!*

  • Berenice da costa santos andrade - 4 years ago

    Totalmente a favor da greve geral no dia 28/04. Pois o que estão fazendo com o povo é um massacre aos nossos direitos. Um retrocesso aos poucos direitos conquistados a duras penas . É a escravização do trabalhador. O que gera déficit aos cofres públicos é a roubalheira desses políticos sem caráter e sem moral. Faça-se a reforma previdenciária no congresso, na presidência onde a maioria já tem mais de uma aposentadoria e sua renda mensal e benefícios são altíssimos e pagos pelos trabalhadores que nem um salário digno tem. Uma vergonha para o país ,uma exploração do trabalhador brasileiro é isso que eles querem com essas mudanças nas leis trabalhistas e previdenciárias.

  • Marcia - 4 years ago

    Certamente as reformas são manobras politiqueiras que roubam da população direitos historicamente adquiridos e que deixam um legado de miséria aos nossos filhos! Um governo ilegítimo que trata de forma autoritária assuntos tão importantes e basilares para a consolidação de uma democracia precisa ser imobilizado! Não podemos calar diante do desrespeito e da destruição da nossa Constituição e do assassinato dos direitos conquistados lícita e legitimamente por políticos que se beneficiam de forma desonesta e corrupta do dinheiro arrecadado às custas do suor do trabalho do povo brasileiro! Basta!

Leave a Comment

0/4000 chars


Submit Comment